quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

A incoerência de um incoerente... Dawkins também comemora o Natal

Richard Dawkins
Seguindo no caminho contrário de seus colegas, os quais denunciam toda e qualquer festa religiosa como uma imposição coercitiva, anualmente Richard Dawkins publica e republica artigos que justificam sua aptidão às festas religiosas; não somente o Natal, é de se constar (por festa, entenda qualquer manifestação festiva religiosa, não somente o Natal, não somente a Páscoa judaica).

 Por óbvio que a justificativa de Dawkins segue o padrão meramente pragmático em definir “festa religiosa” a festa que decorre de uma tradição de fé e de reunião familiar, circunstância que causa estranheza ainda àqueles que tentam separar as datas festivas de seu simbolismo religioso.

Acalentado e ainda não tão enfático na briga contra as festas religiosas, Dawkins deixa em aberto o motivo de sua tolerância amplamente contraditória aos motivos de sua luta ideológica contra as manifestações de fé. Por qual motivo, ao tentar invalidar a religião, Dawkins também tenta validar suas datas festivas?

Fonte: Facebook

Leia também outras incoerências deste cientista aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails