quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Nosso código genético tem mensagem alienígena embutida?

 A resposta para saber se estamos ou não sozinhos no Universo pode estar bem debaixo do nosso nariz, ou mais literalmente, dentro de cada célula do nosso corpo. Poderiam nosso genes conter um “selo do fabricante” escrito há bilhões de anos [sic] em outros lugares de nossa galáxia? Tal grife pode ser uma marca de uma civilização alienígena mestre que nos precedeu há muitos milhões ou bilhões de anos [sic]. Como seu legado, eles podem ter reformulado a Via Láctea em sua própria imagem biológica. Os pesquisadores Vladimir I. shCherbak e Maxim A. Makukov sugerem que o sinal inteligente embutido no nosso código genético seja uma mensagem matemática e semântica que não pode ser explicada pela evolução darwiniana. Eles dizem que, uma vez fixado, o código pode permanecer inalterado em escalas de tempo cosmológicas, representando uma excelente assinatura inteligente. Uma vez que o genoma é apropriadamente reescrito, o novo código com a assinatura permanecerá congelado na célula, que o transmitirá através do espaço e do tempo.

Para testar a ideia, os pesquisadores disseram que quaisquer padrões no código genético devem ser altamente significantes e possuir características inteligentes que são inconsistentes com qualquer processo natural. Eles argumentam que sua detalhada análise do genoma humano exibe uma minuciosa ordem de precisão entre os nucleotídeos do DNA e aminoácidos, revelando padrões aritméticos e ideográficos de uma linguagem simbólica, incluindo o uso da notação decimal, transformações lógicas e o uso do abstrato símbolo do zero.

Essa interpretação leva a uma conclusão absurda: a de que o código genético foi inventado fora do sistema solar há bilhões de anos [sic]. A vida na Terra teria sido semeada pela atividade interestelar.

Essa ideia vai ao encontro a uma ideia que é totalmente contrária à ciência [só porque os naturalistas querem]: o conceito de que um poder superior tenha criado a vida. Pode a hipótese de uma assinatura alienígena em nosso código genético ser mais crível ou provável do que o cenário bíblico?

Fato é que sabemos muito pouco sobre a origem da vida na Terra, e sem dúvida é muita presunção afirmar que é possível identificar uma estrutura genética que supostamente desafia uma explicação natural. Mesmo a descoberta de vida em outros cantos do sistema solar e fora dele não apoiaria essa ideia. E mesmo que o código genético seja o legado de um grande projetista extraterrestre, quem então o projetou? [Pergunta escapista...]

Fonte: Mistérios do Mundo

Nota do blog criacionismo: É interessante notar que, quando pesquisadores sugerem que o design inteligente da vida seria produto de mentes alienígenas, há os que até os levam a sério. Mas afirmar que a assinatura matemática provém do Deus da Bíblia é demais para os naturalistas, com seu preconceito localizado. Um dia terão que admitir que o código pressupõe um codificador e que as digitais apontam para a mão que criou. [MB]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails