segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Eu penso, logo sou perigoso!

 Eu penso, logo sou perigoso!

É por isso que este blogger e outros críticos de paradigmas falidos são odiados pela Nomenklatura científica e pela Galera dos meninos e meninas de Darwin. Eles defendem com unhas e dentes paradigmas falidos e em processo de profundas revisões - mas que eles se negam debater publicamente, e covarde e desonestamente como acadêmicos, nem abordam em outras instâncias.

O nome disso é 171 epistemológico! Darwin morreu! Viva Darwin! E que venha logo a nova teoria geral da evolução - a Síntese Evolutiva Ampliada/Estendida, que vai ser anunciada somente em 2020! Durma-se com um barulho desses, ensinam nas universidades que, assim como o avião "rejeita" o vácuo, a Ciência com C maiúsculo rejeita o VAZIO EPISTÊMICO.

Pergunta causticaste deste blogger - sob qual referencial teórico está sendo feita a biologia evolucionária, vez que a Síntese Evolutiva Moderna já foi para a lata do lixo da História da Ciência? Abracadabra? Cartas de baralho? Tarô? Horóscopo? Entranhas de animais?

A ciência com C maiúsculo não anda de mãos dadas com a mentira. Os cientistas devem seguir as evidências aonde elas forem dar. Infelizmente, o que vemos hoje em dia, em flagrante desonestidade acadêmica da Nomenklatura científica, prevalece a máxima de Dobzhansky quando esteve no Brasil - As evidências? Que se danem as evidências, o que vale é a teoria! Seus alunos ainda vivos se recusam falar sobre isso...

Pobre ciência onde o livre debate de ideias - que realmente provoca o avanço da ciência - é proibido nas universidades...


Fonte: Desafiando a Nomenklatura Científica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails