segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Por que o "FATO" da evolução não é uma Brastemp?

1. As mutações não são aleatórias.

2. As características adquiridas podem ser hereditárias.

3. A visão genocêntrica da evolução está errada.

4. A evolução não é um processo gradual gene a gene, mas deve ser macromutacional.

5. Os cientistas não têm tido a capacidade de criar novas espécies em laboratório ou estufa, e nós não temos visto a especiação ocorrer na natureza.

QED: Darwin kaput desde 1859 na explicação da origem das espécies! E estamos fazendo biologia evolucionária no vácuo epistêmico...

Ué, mas nos ensinaram nas universidades que A CIÊNCIA ABOMINA O VÁCUO EPISTEMOLÓGICO! Então, como está sendo feita a CIÊNCIA NORMAL em biologia evolucionária? Abracadabra? Entranhas de animais? Cartas de Tarô? Búzios? Leitura de mão? Horóscopo???

Fonte: Desafiando a Nomenklatura Científica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails