sexta-feira, 19 de julho de 2013

"A Darwin e um católico?" E o feitiço virou contra o feiticeiro!

Laura keynes, neta de Charles Darwin
Católico ou não, você tem que ler esta notícia. Um jornal britânico, o Catholic Herald, publicou o seguinte título: Descendente de Charles Darwin torna-se um apologista católico. Laura Keynes, é tatara-tatara-tatara-neta de Charles Darwin. (Não notamos uma semelhança nos olhos?) Miss Keynes era um agnóstico, mas, desde então, abraçou o catolicismo, em que a fé que ela é ativa como um apologista.

Como isso aconteceu?

     O debate suscitado pelo livro de Richard Dawkins The God Delusion [Deus um delírio] inspirou a ler mais sobre o assunto, e ela concluiu que "Novo Ateísmo parecia porto um germe da intolerância e desprezo pelas pessoas que só poderiam minar reivindicações humanistas seculares ao liberalismo".

     Ela escreve: "Se a afirmação de ateísmo para o terreno elevado intelectual é reforçada pela habilidade característica do meu antepassado para explorar e analisar inconsistências na evidência, a mesma característica da família me levou para uma avaliação cética do que pode e não pode ser conhecido com certeza."

Keynes também descreve como a decisão foi recebida pelos seus entes queridos.

     "Livremente escolhi ser um católico depois de muita reflexão e análise, e não foi uma lavagem cerebral nela, confundir os meus amigos e familiares tanto", escreve ela. "Eu ouvi um comentário:" Mas ela parecia uma garota tão inteligente. "Então, quando as pessoas perguntam 'A Darwin e um católico? "o que eles estão dizendo é que eu confundi as expectativas. "

Portanto, é a intolerância e iliberalismo de Dawkins & Co. que virou a fora e tem seu pensamento de outros pensamentos. Isso, e a insistência dela famoso antepassado sobre a importância da ponderação das provas de todos os lados de uma determinada questão, em vez de dogmaticamente e ignorantemente rejeitando visões concorrentes, em novo estilo ateu.

Tradução: google Tradutor

Fonte: Evolution News

Nota: Depois deste testemunho, podemos dizer que o feitiço virou contra o feiticeiro! Richard Dawkins, o maior papa do ateísmo da atualidade, talvez nunca pensou que um dia um dos seus livros serviria como base para o início de uma descrença e descofiança ao agnosticismo de alguém. Tudo isso só foi possível por que após a leitora Laura Keynes (irônia do destino, a própria neta de Darwin), realizou uma leitura crítica do livro de Dawkins e após isso, ela buscou investigar outras fontes literárias na vontande de achar a real verdade. Na minha opinião, é este caminho que todos devem trilhar, tanto cristãos como ateus.

O cientista cristão, Ariel Roth, em seu livro Origens, relacionando a ciência com a fé bíblica afirma isto: “Em todas as investigações intelectuais, a utilização de uma abordagem ampla parece a mais sábia. A verdade precisa  ser buscada, e deveria fazer sentido em todos os campos. Devido a ser tão ampla, a verdade abrange toda a realidade; e nossos esforços para encontrá-la deveriam também ser amplos.”

Lindo testemunho da neta de Darwin, fica então a dica para todos: beba de todas as fontes, sem preconceitos, e encontre o verdadeiro caminho! [FN]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails