sexta-feira, 8 de março de 2013

SE Gênesis for mitologia...


Em uma pesquisa da DataFolha realizada no ano de 2010 constatou que a maioria dos brasileiros acredita em Deus e em Darwin. Esta semana o site da Folha de São Paulo lançou um blog sobre Darwin e Deus, autoria do jornalista Reinaldo José Lopes que se declara ser um cristão/católico, no qual promete publicar matérias voltadas ao evolucionismo teísta.

Bom, até aí nada de novidade que chame tanta atenção. Todavia, o que é assustador e surpreendente é ver também alguns grupos de cristãos questionarem a veracidade e literalidade histórica do livro do Gênesis. Ou seja, pensar e considerar que o relato de Gênesis é mitológico é o mesmo que desacreditar em todas as inspirações e revelações das Escrituras Sagradas.

Como o biólogo e cristão, Dr. Wellington dos Santos Silva relatou: “Para harmonizar criação com evolução, é preciso deixar de reconhecer que a doutrina da criação se sustenta sobre uma complexa metodologia teológica na qual desempenha importante papel hermenêutico, e que a criação é um componente que não pode se desvencilhar da lógica interna do pensamento bíblico, pois, desse modo, substituiria o óbvio significado histórico do registro do Gênesis por uma interpretação ‘teológica’.” Sendo assim, leia a seguinte reflexão do físico, Dr. Adauto Lourenço e constate esta afirmação:

1º) Suponhamos que SE Gênesis 1:1 (No princípio... Deus...) for mitologia,

... então é perfeitamente possível aceitar que não há Deus. Assim, Teologia seria uma ilusão!

2º) Suponhamos que SE Gênesis 1:1 (No princípio criou Deus...) For mitologia,

... então é perfeitamente possível aceitar que evolução aconteceu. Assim, Criação seria um mito!

3º) Suponhamos que SE Gênesis 1:26 - 27 ( ... homem e mulher os criou) for mitologia,

...então é perfeitamente possível aceitar que o homem evolui. Assim, Homossexualidade seria uma opção.

4º) Suponhamos que SE Gênesis 2:2-3 (... o descanso, a benção e a santificação de Deus no último dia de sua criação...) for mitologia,

... então é perfeitamente possível aceitar que o 7º dia não é o dia de descanso. Assim, o sábado não seria o memorial da criação.

5º) Suponhamos que SE Gênesis 3:1-24 (... depois de expulsar o homem...) for mitologia,

... então não faz sentido aceitar a queda do homem. Assim, pecado seria fruto da imaginação.

6º) Suponhamos que SE Gênesis 3:15 ( ... e o descendentes dela...) for mitologia,

... então não faz sentido aceitar a promessa de um salvador. Assim, salvação não seria necessária.

7º) Suponhamos que SE Gênesis 6 - 9 (... por causa da perversidade...) for mitologia,

... então não faz sentido aceitar que haverá um julgamento futuro. Assim, justificação seria irrelevante.

CONCLUSÃO: SE os relatos de gênesis não forem verdadeiros e literais (como algumas instituições religiosas pregam hoje), então podemos chegar a conclusão que todo o conteúdo da Bíblia, certamente não terá nenhum valor! Em outras palavras... Em uma equação seria assim: Evolução + Criação = Mitologia.

Nota: Na reflexão do Dr. Adauto, meu acréscimo no item 4. [FN]

Leia Também: Mistura Impossível

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails