terça-feira, 12 de março de 2013

A Nomenklatura científica nada fala sobre a nova teoria geral da evolução

 Um Darwinii mysterium tremendum sobre a nova teoria da evolução - a Síntese Evolutiva Ampliada
Sugestão para o jornalista Reinaldo José Lopes, Folha de São Paulo, do blog Darwin e Deus, que afirmou iria abordar pura e simplesmente o que há de melhor e mais atual na pesquisa sobre evolução:

1. Quais são as razões científicas que estão forçando a Nomenklatura científica elaborar uma nova teoria geral da evolução?

2. Por que o silêncio pétreo dos atuais mandarins da Akademia sobre o que isso significa em termos paradigmáticos se a teoria da evolução de Darwin já foi considerada como a teoria científica mais corroborada assim como a lei da gravidade e que a Terra gira em torno do Sol?

3. Por que a Síntese Evolutiva Ampliada será anunciada somente em 2020? A ciência abomina o vácuo epistêmico? Sendo assim, sob qual referencial teórico está sendo feita ciência normal em Biologia evolucionária?

4.
Por que a Grande Mídia, da qual Reinaldo José Lopes faz parte, nada fala sobre a falência da Síntese Evolutiva Moderna no contexto de justificação teórica, e que foi considerada uma teoria científica morta em 1980 por Stephen Jay Gould, um evolucionista honesto?

Vou esperar sentado, pois em pé cansa... Espero desde 1998! E olha que a turma da Folha de São Paulo sabe das coisas, mas não tem cojones de abordar quando a questão é Darwin. Muito menos abordar que Darwin Kaput...

Fonte: Desafiando a Nomenklatura Científica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails