quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Miraculosa vida das borboletas

[Trabalho de ciências de uma aluna do ensino fundamental realizado com minha ajuda] Quando olhamos uma simples borboleta sobrevoando em cada lugar, logo imaginamos que este inseto sempre foi desta forma: voadores brilhantes que vivem pousando em cada flor, dando assim uma graça maior na beleza da criação divina. Mas estas borboletas nem sempre tiveram esta forma, acreditem, antes estes insetos passaram por vários estágios de transformação até chegar ao formato final que todos conhecem, com asas coloridas ou com outras cores mais foscas. Estas transformações são chamadas de metamorfose.

A metamorfose de uma borboleta passa por três fases. Primeiramente, após o macho adulto fecundar a fêmea, ela em alguns dias, coloca o seu ovo. Com mais pouco tempo de sua postura, o óvulo irá se transformar em uma pequena larva, no qual se alimentará do próprio nutriente contido dentro do ovo. Ao animal sair da casca do ovo, ele se transforma em uma pequena lagarta que se alimentará dos nutrientes orgânicos espalhados por toda a natureza. E por fim, a lagarta crescerá de maneira tão rápida que automaticamente irá se preparar para sua última e espetacular etapa. Esta terceira transformação vai acontecer quando à própria lagarta se prepara para se imobilizar (ação conhecida como crisálida), ou seja, ela ficará totalmente encoberta no seu próprio casulo, onde dentro dele se transformará em uma linda e famosa borboleta.
Ariane Domingues

Com esta pesquisa escolar finalizada sobre o ciclo de vida das borboletas, pude perceber que a ‘vida natureza’ é muito mais fascinante e surpreendente do que imaginava, fazendo-me despertar ainda mais o interesse pelas aulas de ciências. Por que ao estudá-los, acredito que podemos conhecer um pouco mais da inteligência de Deus. Mas, o legal disso tudo é saber que nós seres humanos somos obra prima deste amoroso criador.

Ariane Domingues, estudante da 5º série do ensino fundamental pelo Colégio Universidade Infantil em Guanambi-ba.

Nota: Ariane só tem onze anos e começou a perceber em seus estudos que a vida não é tão simples assim. Sem dúvidas, os cientistas também concordam com ela, pois a vida deste inseto funciona quase de forma miraculosa, desafiando até mesmo as explicações evolucionistas que tentam afirmar que a sua origem veio do acaso e de forma gradual. Ao contrário de outros pesquisadores que acreditam que há planejamento inteligente na natureza. Pois, a ordem, a complexidade, os detalhes com suas diversidades de todas as maravilhas da criação não deixam dúvidas da existência de um grande projetista inteligente. O salmista no capitulo 19 verso 1 declara: “Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.”[FN]

Metamorfose: A beleza e Design das borboletas



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails