sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Cientistas criam folha “biônica” para fazer fotossíntese

 Você já pensou na maravilha que é uma “simples” folha? Segundo matéria publicada no site Inovação Tecnológica, fazer fotossíntese artificial é o grande sonho dos cientistas que trabalham na área de energia. “Quando o homem conseguir replicar a ‘mágica’ das plantas, que transformam a luz do Sol em energia, estará resolvido todo o dilema energético e ambiental da nossa civilização”, diz o texto. Em busca desse alvo desejado, pesquisadores chineses criaram uma folha artificial usando uma folha de verdade como molde. “Dada a complexidade inerente a qualquer ser vivo, os cientistas vinham tentando compreender as moléculas envolvidas e reproduzir sinteticamente as reações químicas básicas que ocorrem no interior das folhas quando elas usam os fótons da luz solar para quebrar as moléculas de água e gerar íons de hidrogênio”, explica o site.

O Dr. Qixin Guo e seus colegas da Universidade Shanghai Jiao Tong substituíram alguns componentes da folha de uma anêmona (Anemone vitifolia), mas mantiveram estruturas-chave da planta, alcançando um rendimento na absorção de fótons e na geração de hidrogênio que não havia sido obtido até agora. Segundo a matéria, “em vez de criarem uma folha totalmente artificial, os cientistas optaram por criar uma folha semiartificial, mantendo estruturas da planta otimizadas pela natureza e de difícil reprodução”.

Embora os cientistas admitam a complexidade dos seres vivos, tentam convencer as pessoas de que houve uma “otimização” promovida pela natureza, como se a natureza fosse consciente e sábia o bastante para saber aonde queria chegar, já que teria desenvolvido nas folhas células superficiais parecidas com lentes (que capturam a luz vinda de qualquer direção), microcanais que dirigem os fótons até a parte mais profunda da folha e os tilacoides, estruturas com apenas dez nanômetros de espessura que aumentam a área superficial disponível para a fotossíntese. E são justamente essas partes da folha que os cientistas tiveram que preservar em sua folha “biônica”, a fim de que ela tivesse alguma eficiência.

Mesmo “apenas” imitando a folha original e aproveitando seus complexos sistemas de produção de energia, os cientistas tiveram que se valer de muito design inteligente (projeto). E o que dizer da folha originalmente criada por Deus? Seria ela fruto do acaso?

Fonte: Digitais do criador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails