quinta-feira, 1 de março de 2012

PERIGO! Remédio de uso animal é utilizado nos xampus de seres humanos

Há três semanas fiquei sabendo em um salão de beleza que mulheres estão utilizando um remédio que é de uso veterinário. Como técnico em agropecuária - e hoje químico - fiquei muito assustado e surpreso com a novidade, pois é sabido que qualquer medicamento de uso animal é proibido para aplicação em seres humanos.

Segundo as mulheres daquele salão, este novo ‘truque-de-beleza’ está sendo bem divulgado na internet através de diversos sites e blogs especializado de beleza, onde é dado receitinhas [Confira aqui] a base de xampu comum com adição do Monovin A - que é um medicamentoso vitamínico utilizado em pelos de cães, gatos e crinas de cavalos. Esta 'nova moda' tem como objetivo (segundo as mulheradas) acelerar o crescimento capilar e também deixar os fios mais macios e brilhantes [diferentemente das respostas que encontrei em sites especializados de dermatologias, afirmando que a hiperdosagem da vitamina A pode levar ao ressecamento da pele, securas das mucosas, queda de cabelo, dor de cabeça, articulações e náuseas].

Confesso que fiquei curioso para saber mais detalhes sobre este novo modismo (bizarro). Não resistir e fui buscar mais informações nas lojas de Pets Shop da cidade. Constatei, definitivamente, que o referido produto realmente virou uma febre na região, pois não encontrei nenhum produto nas gôndolas das cinco lojas de Pets Shop visitadas. Um vendedor de uma dessas lojas que entrei, chegou a me dizer que a procura desta vitamina A é tão grande que o produto só pode ser adquirido (naquela loja) por encomenda. Uaaauu... que loucura!!!

Diante a gravidade do fato, procurei um profissional da área para termos um melhor esclarecimento sobre este assunto. Segundo a professora Dr. (a) Ana Laura Borba de Andrade Gayão, do Instituto Federal Baiano campus Guanambi e também médica veterinária, disse que: “é bem notório perceber que o sistema fisiológico do animal (como gato e cachorro) é bem diferente dos seres humanos, assim o referido produto - por ter altas dosagens - pode trazer altos danos à saúde humana como: intoxicação ou hipervitaminose, podendo chegar a um grau mais elevado da doença como; problemas no fígado, por exemplo, uma cirrose".

Contudo, hoje (01/03/2012), pedi a Gabriel de Oliveira Meira Malheiros, estudante de Medicina do 8º período da FAMEB – UFBA, para redigir um artigo sobre os benefícios e os malefícios da superdosagem da vitamina A (hipervitaminose). Assim, abaixo apresentamos o referido artigo!

Vitamina A: benefícios e efeitos da superdosagem

Os retinóides são essenciais para a manutenção de muitos processos fisiológicos essenciais no organismo, incluindo crescimento e desenvolvimento, visão, sistema imunológico saudável, reprodução e a saúde da pele. Mais de 500 genes são regulados pelo ácido retinóico. O 11-cis retinal serve como um cromóforo para a visão. O seu metabolismo é complexo e envolve muitas formas diferentes de retinóides, como ésteres retinil, retinol, retinal, ácido retinóico e metabólitos oxidados e conjugados tanto do retinol quanto do ácido retinóico.

A ingestão exagerada de vitamina A (hipervitaminose A) pode se apresentar sob forma aguda, subaguda e crônica, via de regra ocasionada pela administração de altas doses de medicamentos que a contém isoladamente ou em associação com outras vitaminas, principalmente a vitamina D, por longo tempo. No caso da vitamina A ser administrada em solução oleosa, as doses toleradas são muito mais altas do que a administrada em forma dispersada ou emulsificada.

Efeitos colaterais

Pela hipervitaminose A podem surgir manifestações como pele seca, áspera e descamativa, fissuras nos lábios, ceratose folicular, papiledema, dores nos ossos longos e dores articulares, dores de cabeça, tonturas e náuseas, diplopia (visão dupla), queda de cabelos, cãimbras, lesões hepáticas e paradas do crescimento. Podem surgir também falta de apetite, edema, cansaço, irritabilidade e sangramentos. Aumento do baço e fígado, alterações de provas de função hepática, redução dos níveis de colesterol total e HDL colesterol também podem ocorrer.

O mecanismo exato da toxicidade hepática dessa vitamina ainda permanece incerto, apesar de existirem várias teorias. A vitamina A em excesso se acopla à membrana das células armazenadoras de gordura no fígado (Células estreladas ou de Ito) e provoca a produção de componentes da matriz extra-celular como laminina e colágeno tipo III, causando fibrose hepática.

Outra hipótese é a de que níveis elevados de vitamina A levam a um aumento no metabolismo de retinol através do citocromo p450. Esse aumento no metabolismo produz diretamente hepatotoxinas. Além disso, ainda há a ativação das células de Kupffer pela vitamina A, através da produção de interferon-gama pelos linfócitos T ativados. Essas células de Kupffer ativadas potencializam a toxicidade hepática mesmo em baixos níveis de hepatotoxinas, como álcool e outras drogas.

O padrão das lesões hepáticas é predominantemente hepatocelular com elevação das transaminases (TGO e TGP). Quando essas lesões fibrosantes evoluem, o fígado torna-se esteatótico e posteriormente cirrótico e o paciente passa a apresentar edema e ascite, como resultado de hipoalbuminemia por insuficiência hepática.

Referências

1-Diana N. D’Ambrosio , Robin D. Clugston , William S. Blaner : Vitamin A metabolism: An Update. Nutrients 2011, 3, 63-103
2- http://www.marombapura.com.br/hipervitaminose-informacoes/hipervitaminose-a/
3- Vivek S. Ramanathan , Gary Hensley , Samuel French, Victor Eysselein,
David Chung, Sonya Reicher , Binh Pham : Hypervitaminosis A Inducing Intra-hepatic Cholestasis—A Rare Case Report. Experimental and Molecular Pathology 88 (2010) 324–325


Nota: Agradeço a Doutora Ana Laura Gayão e ao estudante Gabriel Meira Malheiros pela atenção e colaboração para realização desta matéria e também por ter proporcionado um importante esclarecimento aos nossos leitores e a sociedade em geral sobre o risco de sua saúde quando se utiliza o Monovin A. Portanto, a intenção do blog Ciência e Fé foi esta: advertir dos perigos que existem no uso desta vitamina A em seres humanos. [FN]

21 comentários:

  1. eu ja ia comprar o monovin A amanhã, mas depois dessas informações, eu desisto, obrigado

    ResponderExcluir
  2. mais se usar o monovin em pouca quantidade mesmo assim fara mau??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josiane, o artigo acima fala sobre superdosagem em caso de ingestão, no meio do shampoo é uso externo, acho que não tem nada haver, e ainda não vi na net nenhum relato adverso. Só lembrando que esse é o meu ponto de vista, procure um dermatologista para exclarecimentos no caso de uso externo ok?

      Excluir
    2. também pensei a mesma coisa ao ler a matéria, que eu saiba ninguém ainda ingere o produto.

      Excluir
    3. e assim cada 100 ml de champoo vc usa 1 ml de monovin a mas não pode usar todos os dias apenas duas veses por semana se não oque o post falou vai se aplicar diretamente ao seu caso..

      Excluir
  3. Amiga Josiane, buscando sua resposta, entrei em contato com o Gabriel - estudante de medicina da UFBA, segundo ele: "a concentração ideal de vitamina A no organismo não deve exceder os valores basais a que o corpo está habituado. Sendo assim, a ingestão desta vitamina através de uma alimentação equilibrada já é o suficiente para suprir as necessidades do organismo. Caso você tenha uma alimentação pobre em vitamina A(Cenoura,Brócolis, mamão,abóbora etc) você pode complementar com concentrado de vitamina A ou polivitamínico. Não é recomendado o uso do Monovin A mesmo em pequenas quantidades."

    ResponderExcluir
  4. Gente o artigo acima fala sobre superdosagem em caso de ingestão, no meio do shampoo é uso externo, acho que não tem nada haver, e ainda não vi na net nenhum relato adverso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eliane, obrigado pela sua visita em nosso blog e também pela sua participação e opinião.

      Com relação a esta matéria que você leu, vejo que interpreta e ainda chama a atenção dos leitores dizendo que não existem problemas de saúde se aplicar diretamente nos cabelos, por se utilizar externamente e não ingerido

      Como químico, posso afirmar e alertar que o corpo humano tem grande capacidade de absorver quaisquer substâncias que é aplicado na superfície da pele. Assim, quando utilizado produtos de uso animal como o Monovin A, que tem altas dosagens de suas substâncias, o risco é bem maior para se obter intoxicação, neste caso a hipervitaminose.

      Volto a dizer, cuidado com o modismo. Consulte seu médico dermatologista, ele vai indicar qual melhor medicamente para o seu uso, pois hoje já existem vários remédios adequados para o uso humano.

      Excluir
    2. Olá, li a matéria, e realmente fiquei surpresa, só ouço falar super bem do Monovim A, mas enfim.
      A dúvida que tenho é a seguinte, diz na matéria sobre superdosagem, no entanto, há alguns anos, eu sofro com displasia mamária, e um dos tratamentos é justamente a ingestão de vitamina A, o meu ginecologista receitou a ingestão diária de 5.000 mg de vitamina A por dia. Ai a dúvida, não é também uma superdosagem?
      Aguardo sua resposta.
      Obrigada,
      Marília

      Excluir
  5. NOSSA MUITO OBRIGA, EU ESTAVA MESMO EM DUVIDAS DE COMPRAR OU NÃO COMPRAR O TAL REMÉDIO, MAIS DEPOIS DESSAS INFORMAÇÕES TENHO CERTEZA QUE NÃO......MUITO OBRIGADA :)...............

    ResponderExcluir
  6. Não sei. Li toda a matéria, e estava procurando o preço do Monovin. Posso estar errada, é claro, mas muitas pessoas estão usando esse tal shampoo bomba. Que é como se você tomasse um suplemento vitamínico, ou seja, reposição de vitaminas. O produto, que é "apresentado" digamos assim, é colocado poucas ml's, em 500 ml's de shampoo. Não vou ser exata, mas se não me engano é 10, ou 5 ml. Aplicando nos cabelos, no máximo 3 vezes por semana, como tratamento de 3 meses. Depois para mais 3 meses, e SE QUISER, continua. Tem muitas meninas, falando que funciona, principalmente para quem tem queda de cabelo, e aqueles fracos e quebradiços. A vitamina A demais, é ruim, elas mesmas avisam, é por isso que se usa pouco. Mas também de menos, é pior. Como eu disse, eu posso muito bem estar errada, mas se você usar com moderação, e fizer um teste de tolerância, assim, como para tintura de cabelo, se há algum tipo de reação anormal, acho que é válido tentar. Com cautela, é claro. Química faz mal, em qualquer sentido, sendo de uso humano ou animal.

    ResponderExcluir
  7. Olha não sou médica.. eu usei e uso o xampo com o monovin a.. e não me causou nada disso.. essas informações servem pra quem for injerir a vitamina.. me desculpa mas.. eh mta doidera a pessoa ingerilo não ??

    ResponderExcluir
  8. oi eu tenho pcisunrise
    se eu usar monovim a faz mal algum

    ResponderExcluir
  9. Vejo muitas especulações, porém ninguém disposto a provar. O que é uma burrice. Tantos formandos , mestrandos e doutorando procurando um bom tema de dissertação e esse tema causando toda essa polemica.
    NÃO ACREDITO EM NADA ATÉ QUE SEJA COMPROVADO CIENTIFICAMENTE. Porém na dúvida eu particularmente não faria.
    As industrias de cosmético estão "vacilando", pois isto é uma mina de ouro.
    Mas uma coisa posso dizer: "se faz tanto mal assim como diz a matéria, por que não temos relatos de pessoas que usaram a metodologia e se deram mal?"
    Mesmo o uso crônico já era para alguém estar manifestando efeitos colaterais ou idiossincrasias.

    ResponderExcluir
  10. Q se dane ! Ninguém vai ingerir mesmo! E em todos os sites q explicam como utilizar , fala que devemos usar no máximo 3 meses e depois dar uma pausa! Então pq há risco de superdosagem? Vou começar a usar e estou super ansiosa! Obs : E todos dizem q monovim A é composto apenas por vitamina A e óleo de amendoim!

    ResponderExcluir
  11. Sinceramente, acho que vc perguntou para as pessoas de maneira errada. Eu também fiquei receosa em relação ao produto e consultei um dermatologista e ele aprovou. Segundo ele, não tem problema caso seja respeitado que não seja ingerido ou injetado, assim como as meninas estão fazendo. Achei o post meio forçado, a pessoa que escreveu não foi imparcial, estava predisposta a falar mal da técnica.

    ResponderExcluir
  12. A minha irmã sofreu uma queda de cabelo devido luzes feitas num salão, aí ela foi até a dermatologista é a mesma passou um tratamento outra minha irmã com medicamento de fortalecimento de raiz juntamente com o tão famoso "xampu bomba" base de monovin e web dos meses o cabelo dela que estava curtinho já está no ombro sem efeitos colaterais claro que foi feita uma dosagem adequada pra ela

    ResponderExcluir
  13. Bom.. nada exagerado é bom. Mas ja vi em uma materia na internet que uma demartologista diz que não faz mal algum o uso externo. E diante de tantos depoimentos positivos resolvi comprar e fazer o teste. Anteriormente fui a o derma e o tratamento que ele me passou foram muito caros e insatisfatorios.

    ResponderExcluir
  14. monovin A custa uns 18 reais o frasco de 20ml, mas use apenas 1 ml ou menos p cada 300ml de shampoo neutro( sem sal,) use dia sim dia não.,,,teu cabelo vai crescer 3cm cada 10 dias...pois tem 2milhoes de unidades internacionais a cada 20ml,ou seja é muito forte,se usar 10ml com tem alguns videos na net vai se intoxicar ao longo prazo e teu figado vai p espaço.

    ResponderExcluir
  15. mas aconselho a usar pill food,...inneov,,ou haar intern,pois são p uso em humanos....

    ResponderExcluir
  16. Esse post feito não tem fatos verídicos pra comprovar. Só acredito vendo. E o que vejo é que realmente o MONOVIN A funciona, já usei e aprovo. Ele ainda é misturado no shampoo apenas algumas ml. Como vai intoxicar se o produto não passa de óleo de amendoim e vitamina A e ainda diluído no shampoo. Essa afirmação do post é infundada, se fosse verdade com toda a certeza veríamos alguma coisa relacionada em algum meio de comunicação, como internet, TV... Só fizeram este post pra contrariar e assustar as pessoas. Digo com todas as letras. JA USEI MONOVIN A no Shampoo, até puro no couro cabeludo faz uns 3 anos, não tive nenhuma reação adversa, afinal diluimos no shampoo e não ingerimos ou injetamos. Post sem fundamento. Da próxima vez tenha provas antes de postar sobre qualquer coisa.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails