domingo, 25 de setembro de 2011

Papa Bento XVI critica igrejas pentecostais e convida evangélicos a trabalharem juntos com os católicos

O Papa Bento XVI disse nessa Sexta-Feira, 23/09, estar preocupado com o crescimento das igrejas pentecostais e convidou os cristãos protestantes a trabalhar junto com os católicos.

O Papa afirmou ainda que os cristãos católicos e protestantes erraram ao dar mais atenção às diferenças do que aos motivos que os tornam iguais. “Foi um erro ter visto majoritariamente aquilo que nos separa e não ter percebido de forma essencial o que temos em comum nas grandes pautas da Sagrada Escritura e nas profissões de fé do cristianismo antigo”.

Sobre o crescimento das igrejas pentecostais no mundo todo, o Papa Bento XVI afirmou que “este fenômeno mundial de mudança traz um cristianismo com pouca densidade institucional, pouca bagagem racional e pouca estabilidade”. Por isso, segundo ele é necessário questionar se esse crescimento é benéfico.

Bento XVI continuou sua fala dizendo que as igrejas cristãs históricas estão “perplexas” e preocupadas com o avanço das igrejas pentecostais, e convidou os protestantes a trabalhar junto com os católicos para testemunhar a fé em um mundo moderno.

Fonte: Gospel+

Nota: Já foi profetizado que ainda em nossos tempos haverá união das igrejas comandada pelo papado e que posteriormente o decreto dominical será implantado em todo planeta. Você duvida? Quem viver, verá! Conheça esta história no livro O Grande Conflito da Editora CPB [FN]

Um comentário:

  1. Muito engraçado o papa vim falar isso agora, depois da igreja católica ter derramado tanto sangue.
    Estou achando que ele é o anti-cristo! Querendo fazer essas "uniões". Medo.... rs
    Sou contra isso. Luz não combina com trevas.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails