sábado, 30 de abril de 2011

"O darwinismo não tem explicações sobre a evolução de quaisquer sistemas bioquímicos ou celulares"

Segundo o biólogo molecular James Shapiro [foto], “não existem explicações darwinianas detalhadas para a evolução de qualquer sistema bioquímico ou celular fundamental, somente uma variedade de especulações do que se deseja fosse realidade. É extraordinário que o darwinismo seja aceito como uma explicação satisfatória de um assunto tão vasto.” Shapiro é evolucionista, mas é um cientista evolucionista honesto em reconhecer que a atual teoria da evolução de Darwin através da seleção natural e n mecanismos de A a Z precisa ser profundamente revisada. Eu sou da opinião de que deve ser simplesmente descartada. Darwin kaput! Pro bono scientia! Por essa e outras razões que a nova teoria geral da evolução – a síntese evolutiva ampliada –, não pode e nem deve ser selecionista. Assim como a seleção natural é preguiçosa – o problema de estase no registro fóssil –, assim é preguiçosa a Nomenklatura científica que entregará a nova teoria somente em 2020. E você só fica sabendo aqui neste blog porque a grande mídia vive uma relação incestuosa com a Nomenklatura científica: o que Darwin tem de bom, a gente mostra; o que Darwin tem de ruim, a gente esconde. Quando a questão é Darwin, é tutti cosa nostra, capice?

O pior de tudo isso é que o MEC/SEMTEC/PNLEM aprova e recomenda livros didáticos de Biologia do ensino médio com a abordagem do fato, Fato, FATO da evolução com uma teoria – a síntese evolutiva moderna – declarada cientificamente morta por outro evolucionista honesto: Stephen Jay Gould, em 1980!

O nome disso é desonestidade acadêmica, traduzindo em miúdos, 171 epistêmico! E nenhum desses autores de livros didáticos me processa por danos morais. Estranho, não é mesmo? Desde 1998 que eu denuncio a desonestidade acadêmica deles, e nenhum me processa. Sabe a razão maior? Eles sabem que Darwin vai junto comigo para o banco dos réus.

Fonte: Desafiando a Nomenklatura Científica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails