terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Você é uma galáxia de informação

Se você acha que está sobrecarregado com informações, essa matéria é para você. Um artigo publicado nesta quinta-feira, 10, na edição online da revista Science tenta responder à pergunta: quanta informação há no mundo?

Medindo tanto a capacidade de armazenamento digital quanto analógica, os pesquisadores chegaram à conclusão que a humanidade é capaz de guardar impressionantes 295 exabytes de informação.

Mas espera! O que é um exabyte? É uma unidade de armazenamento em computação equivalente a 1.000.000.000.000.000.000 bytes (sim, um número com 18 zeros). Assim, o valor total do conteúdo armazenado na Terra representa 315 vezes o número de grãos de areia de toda a Terra - mas há menos de 1% da informação armazenada nas moléculas de DNA dos seres humanos.

Para entender ainda melhor, se uma única estrela é um bit de informação, cada ser humano armazena o equivalente a uma galáxia inteira.

link Para entender zilhões de bytes

O estudo afirma ainda que 2002 pode ser considerado o marco de início da era digital, pois foi nesse ano que a capacidade de armazenamento digital de sobrepôs à analógica. Em 2007, 94% de toda a memória do mundo já era digital.

No mesmo ano de 2007, 1.9 zettabytes de informações foram enviados através de tecnologias de transmissão como a televisão e o GPS, uma grandeza que equivale a cada um de nós ler 174 jornais por dia.

Nossa necessidade de conversar e informar também marca presença nos dados: as telecomunicações crescem 28% anualmente e as tecnologias de comunicação de via dupla (como os celulares) usaram 65 exabytes de informação em 2007 – o equivalente a cada pessoa do mundo ler seis jornais por dia todos os dias.

E, embora as tecnologias de computação cresçam 58% e a capacidade de armazenamento 23% todos os anos, os pesquisadores lembram que esses números são impressionantes, mas não são nada perto de como a natureza lida com a informação.

Fonte: Estadão

Nota do leitor Valter Baiecijo: “Para tratar do volume de informação mencionado, são utilizados métodos e ferramentas extremamente complexas (ex.: sistemas operacionais, banco de dados relacionais, linguagens de programação, sistemas de armazenamento, redes de comunicação), que são desenvolvidos para essa finalidade, de maneira lógica e racional (sei disso, pois trabalho na área de Tecnologia da Informação). Essa informação tem uma finalidade, um propósito, não apareceu do nada, de maneira aleatória. Então vem a pergunta: Se toda a informação mencionada não representa 1% do que está armazenado nas moléculas de DNA do ser humano, como é possível afirmar que os outros 99% têm uma origem aleatória, não planejada? Agradeço cada dia o fato de ter o maior Administrador de Sistemas cuidando do meu sistema de informações!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails