segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O "pesadelo" do mapa metabólico


Sou estudante de medicina e também criacionista e adventista do sétimo dia. Quanto mais avanço nos estudos, mais certeza tenho de que tudo foi planejado. A gigantesca complexidade, a total funcionalidade e harmonia de todos os componentes e processos da vida, acrescidos da falta de capacidade humana em simplesmente identificar esses processos e componentes, dão certeza absoluta de que Deus está no comando. Aliás, se a ciência é o estudo das coisas criadas por Deus, com certeza a ciência sempre revelará o Criador.

Um dos "pesadelos" dos acadêmicos das áreas biológicas é o estudo do mapa metabólico, justamente por causa de sua complexidade. Mas acabei vendo ali mais uma grande evidência criacionista (se quiser ver o mapa em detalhes, clique na figura acima).

Quem cursa alguma graduação na área da saúde certamente compreenderá o que eu vou falar agora. Esse é um mapa esquematizado do metabolismo humano, deveras resumido e apresentando apenas os produtos das reações; não chega nem aos pés do metabolismo humano completo. Existem mapas metabólicos muito, mas muito maiores do que esse. Para falar a verdade, grande parte dos processos metabólicos permanecem incógnitos.

Olhando pra esse mapa é possível entender o que tantos cientistas querem dizer com complexidade. É realmente muito complexo, com muitas substâncias que ninguém ainda sabe extrair do corpo ou sintetizar. Quando e SE um dia souberem, será um grande passo para a indústria farmacêutica.

As setas simbolizam o caminho das substâncias, e omitindo apenas uma, distúrbios graves serão desencadeados.

Fico pensando como pode algo tão gigantesco e complexo simplesmente "surgir", já que a evolução ocorreu* por uma série de "acidentes" genéticos provocados pelo acaso e por fatores ambientais randômicos. O que me deixa perplexo também é o fato de todo esse mecanismo estar constantemente acontecendo em perfeita harmonia e estarmos vivos pela sua completa funcionalidade. O incrível é que esses acidentes isolados pelo mundo produziram um sistema idêntico em todo o globo.

Se, com inteligência, estamos sofrendo para compreender isso, imagine a dificuldade que o "acaso" teve em fabricá-lo! O acaso, que eu saiba, deveria ser "burro", caso contrário seria uma entidade inteligente.

O "burro do acaso" construiu processos tão complexos que nós, igualmente frutos do "burro do acaso", apesar de miraculosamente dotados com inteligência superior à "dele", não conseguimos compreender suas obras.

(Roberto Lenz Betz e Jean Rafael Soares e Silva)

* Partindo do pressuposto acientífico que diz: não importa o quanto pareça ao contrário, a vida evoluiu, sim.

FONTE: criacionismo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails